Onde foi gravado Bridgerton: conheça 20 cenários das gravações de os Bridgertons (Netflix)

A série sensação do fim de ano mal estreou e nós já estamos apaixonados pelas cores vibrantes e cenários das gravações de os Bridgertons. As locações estão todas no Reino Unido (onde foi gravado Bridgerton) e incluem castelos, casarões e cidades históricas.

Em uma delas, Bath, nós inclusive acompanhamos as gravações e vimos tudo dos bastidores (veja mais no nosso Instagram, clicando aqui).

Onde foi gravado Bridgerton

Reprodução / Netflix

A produção da Netflix é baseada na série de livros da escritora Julia Quinn. Os nove títulos do drama de época se passam na Inglaterra do século 19, narrando o competitivo mundo da alta sociedade britânica e contando a história dos membros da respeitada família Bridgerton.

Para você saber um pouco mais dos bastidores da série, reunimos aqui os cenários que mais se destacaram na tela e podem ser visitados numa viagem ao Reino Unido, onde foi gravado Bridgerton. É importante lembrar que o texto pode conter alguns spoilers.

Veja também
Bridgerton enredo: tudo sobre o livro que inspirou Bridgerton
10 cenários de Harry Potter que você pode visitar

Onde foi gravado Bridgerton

Não importa se você já era fã ou conheceu a obra só agora, os deslumbrantes cenários de Bridgerton surpreendem a todos. As paisagens tipicamente britânicas chamam atenção pela arquitetura sofisticada dos casarões aristocráticos e as cores especialmente pensadas para a fotografia da série.

Onde foi gravado Bridgerton: Bath

Reprodução / Netflix

As locações da série Bridgerton não foram poucas. As primeiras gravações aconteceram em julho de 2019, no clube de cavalheiros Reform Club, em Londres.

Depois, a produção passou por outras dezenas de lugares pelo Reino Unido. Entre eles, destacamos aqui os que tiveram maior importância na adaptação da série para a TV, como os casarões que serviram de cenário para as casas dos personagens principais e também a cidade de Bath, onde morávamos à época das gravações.

1. Ranger’s House

Esta mansão da era georgiana data de 1722 e está localizada no Greenwich Park, em Londres. A fachada da propriedade é utilizada como um cenário de Bridgerton muito especial: a Bridgerton House, casa da família protagonista!

Locações da série Bridgerton: Ranger's House

Reprodução / Netflix

Impossível não reconhecer esta fachada, tão exibida na série. Este é um dos cenários das gravações de Bridgerton que sofreu algumas alterações para representar melhor o estilo do livro.

Neste cenário, a principal alteração foi a adição de plantas, especialmente a westeria, esta flor lilás que deu o tom de todo o material de divulgação da série.

ranger's house

Reprodução / Netflix

A locação, Ranger’s House, é uma antiga casa oficial dos patrulheiros do Greenwich Park. Desde 2002, ela abriga a Wernher Collection, uma gigante coleção de arte acumulada e preservada pelo magnata dos diamantes Sir Julius Wernher.

Mais de 700 obras estão em exposição, formando uma rica coleção que inclui pinturas e esculturas medievais e renascentistas. Em uma visita ao local, além de apreciar o acervo artístico, é possível visitar seu belo jardim, famoso pelas rosas.

2. Wilton House

A Wilton House fica no condado de Wiltshire e é a casa dos Condes de Pembroke. Este certamente foi um dos cenários mais usados nas gravações de os Bridgertons.

gravações de os Bridgertons: Wilton House

Reprodução / Netflix

Moldada ao longo dos séculos, a mansão é conhecida como o melhor exemplo da arquitetura palladiana na Inglaterra. Sua famosa Ponte Palladiana aparece já no primeiro episódio na cena em que Daphne e Anthony cavalgam — enquanto discutem a relação rs.

Ela também proporcionou imagens belíssimas no episódio 2, durante o passeio de Simon e Daphne.

gravações de os Bridgertons

Divulgação / Wilton House

Uma das fachadas do casarão também aparece neste episódio como a morada do Duque de Hastings em Londres. Já os jardins foram usados para algumas cenas externas, inclusive aquela em que Colin anuncia seu noivado.

locações da série Bridgerton

Reprodução / Netflix

Mas o interior da propriedade não ficou para trás e aparece em dezenas de cenas durante a temporada. O Single Cube Room, por exemplo, aparece como um dos aposentos da rainha Charlotte.

locações da série Bridgerton

Reprodução / Netflix

Impossível não reconhecer também as portas do Double Cube Room que se abrem nas telas para que Daphne seja apresentada à monarca e toda a sociedade. Com seus tons de marfim e dourado, a sala tem um teto lindíssimo pintado por Cavalier D’Arpino e uma decoração imponente nas paredes.

onde foi gravado Bridgerton: Wilton House

Reprodução / Netflix

Como ficou evidente nas imagens, a Wilton House tem cômodos super conservados com interiores de Inigo Jones e John Webb e móveis de William Kent e Thomas Chippendale. Suas coleções ​​de esculturas clássicas e pinturas inclui obras de mestres como Rafael, Ticiano, Rembrandt e Tintoretto.

Muito disso pode ser visto nas cenas em que Simon aparece em seu escritório (episódio 6).

onde foi gravado Bridgerton

Divulgação / Wilton House

A mansão também fez as vezes da sala de jantar do Clyvedon Castle, onde Simon e Daphne protagonizam cenas de amor e ódio.

gravações de os Bridgertons

Divulgação / Wilton House

Com tanto a oferecer, não é de se estranhar que a Wilton House já tenha sido usada anteriormente como cenário de obras de ficção. Entre elas, as consagradas séries The Crown e Outlander e os filmes Emma e Orgulho e Preconceito (ambos baseados nos livros de Jane Austen).

TESTE: qual o melhor destino na Europa para você?
Tudo sobre os livros que inspiraram a série Bridgerton

3. Castle Howard

Situado no condado de North Yorkshire, o palácio rural é uma das maiores residências privadas do país. Na série, a construção serve de cenário para o Clyvedon Castle, residência do Duke de Hastings, que aparece bastante na trama a partir do episódio 6.

Cenários de Bridgerton: Castle Howard

Apesar do nome, o Castle Howard é apenas uma residência (e não um castelo propriamente dito). A propriedade está com a família Howard há mais de 300 anos e começou a ser construída no início do século 18. Porém, o conjunto completo com todas as alas e detalhes finais, só foi concluído cem anos depois, em 1811.

Este longo período de construção gerou uma certa mistura de estilos, mas a maior influência em sua arquitetura e decoração é mesmo barroca, com muitos querubins e vasos.

No hall central, está a cúpula pintada à mão com folhas de ouro 24 quilates, grande destaque da propriedade. É possível ver Daphne admirada com sua imponência também no episódio 6. Esta é a maior cúpula em uma residência privada no Reino Unido.

gravações de os Bridgertons

Reprodução / Netflix

O casarão possui 145 cômodos e seus jardins somam mais de 404 hectares de extensão, que incluem fontes, lagos e até um mausoléu. Mas foi no Templo dos Quatro Ventos que Daphne e Simon decidiram se proteger da chuva no episódio 6 e onde protagonizaram uma tórrida cena de sexo.

Clyvedon - Onde foi gravado Bridgerton - gravações de os Bridgertons

Divulgação / Castle Howard

Outro cantinho famoso da residência onde foi gravado Bridgerton é o Corredor Norte. Impossível não reparar nos bustos e estátuas enquanto Sra. Coulson faz um tour com Daphne pela propriedade.

Clyvedon - Onde foi gravado Bridgerton - gravações de os Bridgertons

Divulgação / Castle Howard

4. Reform Club

O Reform Club é um clube de cavaleiros fundado no século 19 e apareceu já nas primeiras imagens divulgadas da série. É neste cenário que Anthony Bridgerton encontra seu amigo de longa data, o Duke de Hastings (Simon, para os íntimos), para discutir o retorno deste à alta sociedade londrina.

Locações da série Bridgerton: Reform Club

Reprodução / Netflix

O clube fica na famosa avenida Pall Mall, que conecta o Palácio de Buckingham à área central de Londres. O local foi fundado em 1836, quando era visto como um espaço para “radicais” e progressistas. Em 1981, este foi o primeiro clube de Londres a aceitar mulheres em condições de igualdade com os homens.

Ainda hoje, o Reform Club tem uma biblioteca mantida por seus membros que contém 75 mil obras. Outros atrativos do local são os átrios espaçosos, as colunas gregas e as claraboias imponentes.

Assim como outras locações onde foi gravado Bridgerton, o clube já serviu de cenário para várias outras produções, entre elas, adaptações cinematográficas de Sherlock Holmes e filmes da série James Bond.

5. Lancaster House

Com sua arquitetura neoclássica e pé direito altíssimo, a Lancaster House é figurinha carimbada entre as produções que abordam a vida da realeza. É provável que você reconheça alguns cômodos que também apareceram em Downton Abbey, O Discurso do Rei, The Crown e A Jovem Rainha Vitória.

Na série Bridgerton, podemos vê-la durante várias cenas protagonizadas pela rainha e especialmente no episódio 5, quando Daphne e Simon precisam pedir autorização para seu casamento diante da rainha.

Lancaster House

Reprodução / Netflix

Este casarão, finalizado em 1840, já foi chamado de York House e Stafford House e foi doado à nação por Sir William Lever, em 1913. Hoe, ele é um listed building, que equivale no Brasil às construções tombadas pelo Patrimônio Histórico.

Apesar de ser usado para algumas recepções e eventos do governo britânico, o local não abre com frequência ao público externo.

Veja também
TESTE: qual o melhor destino na Europa para você?
Como viajar barato pelo mundo

6. Hampton Court Palace

Nas gravações de os Bridgertons algumas localidades fictícias precisaram ser representadas por mais de uma construção. Foi o que aconteceu com a residência da rainha Charlotte, o St James’s Palace. Apesar dos interiores terem sido filmados na Wilton House e Lancaster House, nenhum destes lugares serviu de fachada para o palácio.

As cenas externas aconteceram no Hampton Court Palace. E é provável que você reconheça suas características abaixo, já que este é um ângulo que aparece logo no início do primeiro episódio, quando a carruagem Bridgerton chega ao evento em que Daphne será apresentada à rainha.

Onde foi gravado Bridgerton: Hampton Court Palace

Divulgação / Hampton Court Palace

A construção do palácio começou no século XVI e logo chamou atenção do rei Henrique VIII. Ele o transformou em um grande conglomerado, que além de palácio, servia de hotel, teatro e complexo de lazer.

Rodeado por um belo jardim, uma vinícola e seu famoso labirinto, hoje o palácio recebe muitos eventos de importância nacional.

7. Queen’s House at Greenwich

Tal qual a Ranger’s House, esta construção também fica no entorno do Greenwich Park, em Londres. Sua fachada aparece em mais de um momento ao longo da série, representando uma residência real.

No episódio 3, é possível vê-la como pano de fundo para as tentativas das irmãs Featherington e Cressida Cowper de se aproximarem do príncipe Frederico da Prússia.

Onde foi gravado Bridgerton: Queen's House

Reprodução / Netflix

A Queen’s House é de fato uma antiga residência da realeza projetada por Inigo Jones. Construída no século XV ela foi um dos primeiros exemplares da arquitetura palladiana no Reino Unido, algo que pode ser observado na sequência de colunas que vemos na imagem acima.

Veja também
Bridgerton enredo: tudo sobre o livro que inspirou Bridgerton
10 cenários de Harry Potter que você pode visitar

8. Somerley House

Ainda no episódio 3, vemos o interior da residência real, que desta vez foi filmado na Somerley House. Esta mansão fica em Hampshire e pertence à família dos Condes de Normanton desde 1828.

locações da série Bridgerton: Somerley House

Divulgação / Somerley

Na série, porém, o teto do salão principal foi alterado digitalmente, para aparentar um pé direito mais alto. O estilo da mansão também foi aproveitado para compor a cena em que Daphne e Simon se dão as mãos pela primeira vez, enquanto apreciam um quadro na parede.

daphne e simon

Reprodução / Netflix

O projeto arquitetônico deste casarão é dos Irmãos Wyatt, famosos na era regencial inglesa. A propriedade deve parecer familiar para quem assistiu à série The Crown, onde ela aparece fazendo as vezes da Highgrove House – casa de campo do príncipe Charles.

Grande parte do acervo de arte da propriedade foi formado pelo 2º conde de Normaton, que criou uma galeria de quase trinta metros só para exibi-lo. Ele também é um dos responsáveis pela rica mobília e decoração do local.

9. Badminton House

Este palácio rural fica no condado de Gloucestershire e tem sido a sede dos Duques de Beaufort desde o século 17. Aqui foi filmada a divertida cena em que Daphne toca piano enquanto Simon pratica tiro, o que deixa ambos incomodados com os sons que o outro está produzindo.

badminton house

Divulgação / Badminton Estate

Uma curiosidade interessante sobre esta propriedade tem a ver com o esporte que leva seu nome. O jogo teria sido jogado pela primeira vez ali. Dizem até que, em um inverno rigoroso, uma partida de badminton foi improvisada dentro de um salão da casa.

Antes de fazer parte dos cenários de Bridgerton, a residência apareceu em diversas outras obras, como os filmes The Remains of the Day e Pearl Harbor. Também a sala da imagem abaixo foi claramente uma inspiração para a sala de estar dos Bridgertons, com seus tons de azul, amplas janelas e colunas laterais.

Badminton House

Divulgação / Badminton Estate

10. RAF Halton

O Royal Air Force Halton fica no condado de Buckinghamshire, próximo a Londres, e é um dos maiores centros de aviação militar do Reino Unido. Nas filmagens de Bridgerton o interior da propriedade aparece como mais uma parte da casa da família protagonista.

Ele pode ser visto logo no primeiro episódio da série, na já clássica cena em que Eloise grita o nome de Daphne na intenção de apressar a irmã. O salão aparece claramente também no episódio 5, durante a festa de casamento e ao final do episódio 6, quando Violet dá uma notícia complicada para Colin.

Royal Air Force Halton

Reprodução / Netflix

A história do RAF Halton (como é mais conhecido) remonta ao início do século XX, mas ele se tornou uma propriedade do governo britânico apenas no fim da Primeira Guerra Mundial. Ainda hoje, o local é um centro de treinamento militar.

Veja também
Tudo sobre os livros que inspiraram a série Bridgerton
TESTE: qual o melhor destino na Europa para você?

11. Painshill Park

Situado no condado de Surrey, este é um dos últimos parques paisagísticos ingleses do século 19 ainda preservados. Na série, o local foi pano de fundo para o movimentado piquenique.

Painshill Park

Reprodução / Netflix

Projetado entre 1738 e 1773, o parque possui 64 hectares de árvores, lagos, estátuas e ruínas de seus primórdios. Entre seus destaques estão a torre gótica, a Gruta de Cristal e o o maior cedro da Europa.

Nas telas, o parque já é famoso. Por lá, foram gravadas cenas da série Black Mirror e do filme O Retrato de Dorian Gray. Esta é uma das locações da série Bridgerton que são gratuitas e abertas ao público. <3

Painshill Park

Reprodução / Netflix

12. Hatfield House

Este é nada mais nada menos que o local onde foram gravadas as cenas do excêntrico baile de Lady Trowbridge (episódio 4)! Localizada em Hertfordshire, próximo a Londres, a Hatfield House conserva a arquitetura original, de 1611.

hatfield house

Reprodução / Netflix

O local, agora propriedade dos Condes de Salisbury, foi moradia de Elizabeth I em sua infância. Ele também já apareceu em diversas outras gravações, como filmes da saga Harry Potter e até um clipe do grupo Jonas Brothers.

O piso de mármore do Marble Hall, onde foi gravado Bridgerton, é facilmente reconhecível nas cenas do baile do episódio 4.

gravações de os Bridgertons

Reprodução / Netflix

Também os jardins impecáveis da residência foram cenário perfeito para as cenas da série. E você pode colocá-los em seu roteiro de viagem pois uma parte deles é aberta para visitação do público. <3

13. Hackney Empire Theater

Nem só de majestosas mansões rurais se fazem as locações da série Bridgerton. Um dos passatempos preferidos das ladies e lordes é a ópera, onde se passam várias cenas da personagem Siena.

Hackney Empire Theater

Reprodução / Netflix

Foi fácil reconhecer o Hackney Empire Theater como um dos cenários onde foi gravado Bridgerton, devido ao seu interior luxuoso em tons de vermelho e dourado. Vale também menção a imponente decoração dos camarotes que receberam a rainha Charlotte, Lady Danbury, Daphne e Violet.

O teatro foi construído em 1901 e já foi utilizado como sala de concertos e salão para jogos de bingo. Ele também foi palco de apresentações de artistas consagrados, como Charles Chaplin. Hoje em dia, o local tem sido usado para premiações como o British Soap Awards.

bridgerton netflix hackney empire theater

Divulgação / Hackney Empire

 

14. Historical Chatham Dockyards

Criada por Henrique VIII, a antiga doca real é hoje um museu marítimo. Como outros cenários de Bridgerton, o local foi adaptado e aparece na tela como um galpão onde Will Mondrich treina boxe e recebe Simon e Anthony em alguns episódios. Esta era uma atividade comum na era regencial.

Historical Chatham Dockyards

Reprodução / Netflix

A doca histórica fica no condado de Kent e foi muito importante para o desenvolvimento naval do Reino Unido. Hoje em dia, o local possui diversas atrações que remontam aos períodos gregoriano e vitoriano, além de exposições navais.

Esta é mais uma locação que apareceu também em outras produções, como Oliver Twist, Sherlock Holmes e Os Miseráveis. O local tem ainda um tour dedicado aos fãs da série Call The Midwife, também gravada por lá.

Historical Chatham Dockyards

Divulgação / The Dockyard

15. Syon Park

A Syon House está localizada no parque de mesmo nome, em Isleworth, uma pequena cidade próxima a Londres. O interior deste casarão foi utilizado para alguns cenários de Bridgerton, como o antigo escritório do finado Duque de Hastings (pai de Simon) e outros aposentos do Clyvedon Castle,

Syon house

Maxwell Hamilton

A mansão é a casa de um duque de verdade: o duque de Northumberland. No exterior, além do parque – protegido devido a sua importância científica, biológica e histórica – existe o Grande Conservatório, uma majestosa construção de 1826.

Assim como outras locações da série Bridgerton, a propriedade já apareceu em séries como Killing Eve e Belgravia, e filmes como Malévola, Alice Através do Espelho e Transformers: The Last Knight.

Veja também
Tudo sobre os livros que inspiraram a série Bridgerton
10 cenários de Harry Potter que você pode visitar

16. Windsor Great Park

Entre os condados de Berkshire e Surrey, está situado o luxuoso Windsor Castle. Mas foi no parque de 2 mil hectares anexo ao castelo que vimos alguns cenários onde foi gravado Bridgerton.

windsor netflix

JackPeasePhotography

O parque tem entre suas atrações lindos bosques de carvalho e um curioso parque de cervos. A maior parte do espaço é aberta ao público, sendo possível fazer trilhas, cavalgar e pegar a Long Walk em direção ao castelo enquanto se aprecia a vista!

Na série, o parque aparece em algumas cenas externas e de transição. Mas ele foi cenário imporante em várias outras produções, como Harry Potter, Piratas do Caribe, Robin Hood, Branca de Neve e o Caçador, entre outros.

17. St Mary’s Church

Localizada em Twickenham, próxima do Syon Park, esta igreja foi mais um local onde foi gravado Bridgerton. Na série, a igreja aparece quando Simon e Anthony vão pedir autorização para apressar o casamento e também é palco da cerimônia em si.

igreja st mary's church

John Salmon

Reconstruída em 1714, a St Mary’s Church tem muitas características deste período, porém com alguns elementos da época de sua fundação, no século 14.

18. Templo de Vênus, Stowe

A cerca de cem quilômetros de Londres está mais uma construção onde foi gravado Bridgerton. O Templo de Vênus fica na enorme propriedade de Stowe, às margens a um de seus lagos — o Eleven Acre Lake.

O templo foi inaugurado em 1731 e, como o nome sugere, é dedicada à deusa romana do amor, que é também associada à sexualidade feminina. Não é à toa que o templo possui quatro estátuas que representam Cleopatra, Faustina, Nero e Vespasiano, todos conhecidos por sua agitada vida sexual.

Certamente não havia lugar mais adequado para o glamouroso e movimentado baile do primeiro episódio da série. Talvez você se lembre que foi lá que Simon e Daphne selaram seu acordo e dançaram pela primeira vez.

stowe

Reprodução / Netflix

O templo é cheio de mistérios e histórias. Durante uma restauração em 1991, por exemplo, foram descobertos alguns cômodos subterrâneos cuja origem e utilidade ninguém consegue ao certo explicar.

Com seus 250 acres, Stowe possui ainda outros três lagos, magníficos jardins ao estilo regencial e a Stowe House, onde hoje funciona uma escola, aberta a visitação.

19. Bath

Para as gravações de Bridgerton, a cidade de Bath fez as vezes da Londres regencial. Vários dos atores principais foram vistos (por nós inclusive!) caracterizados como Simon, Daphne, Penelope e Eloise.

A cidade esteve em todos os blocos de gravação e a lista de lugares usados por lá foi grande. O Holbourne Museum serviu de cenário para a casa de Lady Danbury. O Sydney Place foi usado para mostrar a vida da aristocracia em Mayfair. Já o Assembly Rooms recebeu um baile.

Já pelas ruas da cidade, teremos Simon Basset chegando em seu cavalo preto! Em outras ruas, como a Trim Street e a Beauford Square, vimos muitas carruagens, cavalos e até a casa de chá regencial de Gunter. Por fim, o Royal Crescent representa a fachada da Casa Featherington e tivemos até registros da carruagem Bridgerton passando por lá!

20. Holbourne Museum

O exterior do Holburne Museum foi usado como fachada para a casa de Lady Danbury, local onde acontece também um dos bailes da temporada. O museu fica na entrada principal do parque Sydney Gardens, localizado em Bath, e foi originalmente projetado como um hotel. Hoje, porém, ele abriga uma coleção de obras de arte.

E aí? Curtiu todas os locais onde foi gravado Bridgerton? Não deixe de deixar seu comentário abaixo dizendo se gostou da série e das locações e também se sonha visitar alguma delas um dia!

Outros artigos que você vai gostar:
TESTE: qual o melhor destino na Europa para você?
10 cenários de Harry Potter que você pode visitar
Bridgerton enredo: tudo sobre o livro que inspirou Bridgerton
Conheça o Palácio de Versalhes

Bora planejar essa viagem?
Usando os links abaixo você nos ajuda a manter nosso site, sem pagar nada a mais por isso (e em alguns casos até ganha desconto 😊).
🏨 Hospedagem: reserve na Booking.com clicando AQUI 🏥 Seguro Viagem: ganhe 5% de desconto na Seguros Promo com o nosso cupom de desconto MALASPRAQUE5 🚘 Carro: alugue na Rentcars.com clicando AQUI 🏡 Airbnb: ganhe R$ 100 de desconto na sua 1ª hospedagem
Você também pode salvar os links acima como favoritos e usar sempre que for viajar!
Os Malas agradecem! 🤗