Quero receber as novidades por e-mail
Malas Pra Que Te Quero

Quer aprender novos idiomas? Estes 5 passos são infalíveis

15 de Fevereiro de 2017

Se você ainda não viu nosso vídeo “É importante falar o idioma?”, veja:

Na hora de viajar, todo mundo tem a mesma dúvida: é necessário falar o idioma do local para onde se está viajando?

Nós respondemos!

Se já viu, deve estar se perguntando: “E agora? Quais são as técnicas para aprender idiomas?”

Pensando nisso, reunimos aqui os 5 passos que vão turbinar de vez seus estudos rumo a uma nova língua e posteriormente à conquista do mundo! (se você não sonha alto, a gente sonha por você.)

1. Escolha mais de um método

Pessoas diferentes aprendem de formas diferentes. A afirmação pode parecer óbvia, mas por que então a gente insiste em fazer o curso de inglês que o vizinho indicou e assistir aos vídeos daquele cara que aprendeu 10 idiomas em 6 meses?

Além disso, não é fácil saber o que será melhor para você antes de experimentar, não é mesmo? Os métodos para aprender idiomas são vários e muitos deles são mais adequados a um ou outro momento específico.

Como aprender um idioma sozinho: 5 passos infalíveis

Sites e aplicativos de aprendizado online – como Duolingo, Busuu e Rosetta Stone – são uma boa opção para iniciar sua caminhada. Eles ajudam especialmente com as palavras mais simples, do dia-a-dia, e driblam as duas desculpas mais comuns de quem está sempre adiando os planos de aprender idiomas: falta de tempo e de dinheiro.

Escrever à mão é uma das técnicas de memorização defendidas por muita gente. Vale fazer uma redação por dia, treinar as conjugações dos verbos irregulares ou mesmo escrever a lista de compras no outro idioma.

As aulas em grupo das escolas de idiomas são o método mais difundido e o jeito mais barato de ter um apoio profissional no seu aprendizado. É uma boa opção para quem não tem muita disciplina para estudar sozinho e se sente estimulado pela troca com outros estudantes. Este, porém, não é o método mais rápido, pois o ritmo das aulas acaba sendo ditado pelo grupo. Se na turma existirem alunos com mais dificuldades que você, é inevitável o sentimento de tempo perdido.

Aulas individuais também são uma boa opção às incertezas do estudo por conta própria e te livram dos prováveis atrasos de cronograma das aulas em grupo. Esta é também uma das melhores formas de exercitar a conversação, já que você não precisa disputar espaço de fala com outros alunos.

2. Leve a sério

Não se engane: dar o primeiro passo é fácil. Difícil é se desafiar a buscar mais, estudar o que é mais complicado, sair da zona de conforto.

Fazer uma maratona de séries no Netflix, por exemplo, pode parecer o plano perfeito para exercitar a nova língua. Mas as legendas (mesmo no idioma original) podem estar boicotando seu aprendizado. Se você já entrou nessa (ótima) moda, lembre-se que estes textinhos amigos devem ser utilizados mais no início do seu aprendizado. Apegar-se a eles indefinidamente pode destreinar seus ouvidos, que precisam aprender a ouvir bem a outra língua e decodificá-la de maneira autônoma – afinal, a vida real não vem com legendas, certo?

Outra moda que estimulou muita gente a voltar a estudar foram os aplicativos online, como o Duolingo. Muito legal, muito inclusivo, mas e depois? Como já falamos, este é um método muito útil para o seu primeiro contato com a nova língua, mas se limitar a ele é como andar em círculos. Assim que dominar o vocabulário básico, procure logo opções mais avançadas de estudo.

Como aprender um idioma sozinho: 5 passos infalíveis

E por falar em métodos avançados para aprender idiomas, não demore a partir para a conversação. Não é à toa que as pessoas aprendem mais rápido uma língua quando moram fora do seu país de origem. Isso acontece, porque elas são obrigadas a conversar sempre na outra língua, e a necessidade… faz o sapo pular.

Trace um objetivo para sua evolução. Obrigue-se a falar o idioma com mais frequência. E se tiver interesse em conhecer nosso serviço de aulas particulares de conversação, clique AQUI.

3. Mergulhe de cabeça: é tudo uma questão de repetição

Já se perguntou porque você sai afiado de uma aula, mas já no dia seguinte não lembra de metade dos termos novos que ouviu? Pois um dos grandes segredos para aprender idiomas é a repetição.

Então, que tal inserir o novo idioma em vários momentos do seu dia e da sua semana? Dicas:

– Se você tem apenas uma ou duas aulas por semana, não faça os exercícios nos mesmos dias do curso. Intercale os dias de aula e com outros de estudo, para estar diariamente em contato com a língua;

– Coloque este idioma como o preferencial do seu celular. Você acaba aprendendo sem esforço alguns termos do dia-a-dia e é forçado, de certa forma, a se comunicar com o aparelho na outra língua;

– Na hora de ouvir músicas, que tal focar nas estrangeiras? Músicas boas existem em todas as línguas. Decida a sua e bora praticar! Dica especial do Malas: pra quem está estudando um idioma diferente do inglês e tem dificuldade em encontrar playlists interessantes, recomendamos o site Invasões Bárbaras. Obrigado, de nada.

– Repita em voz alta as frases que ouve com mais frequência em filmes, seriados, músicas… Se elas estão sempre aparecendo, é porque têm certa importância, right? Então, fale pro espelho, repita no escuro do seu quarto, treine com o namorado… “Mamma mia!” / “C’est incredible!” / “Willkommen!” / “Hasta la vista, baby.” / “May the force be with you…” etc. etc. etc…

Ah! Eu já falei que o importante é a repetição?

4. Não deixe sua dúvida para depois

Não perca nenhuma oportunidade ao aprender idiomas, nem deixe isso a cargo da sua falta de memória. Sempre que se deparar com uma nova palavra – seja durante um exercício de gramática, num vídeo no YouTube ou no rótulo do shampoo – pare o que está fazendo imediatamente e procure o significado. Se isso não for possível, anote no celular as palavras novas e procure-as no dicionário no final do dia.

Como aprender um idioma sozinho: 5 passos infalíveis

Nesses momentos, temos como aliados os tradutores online (como o Google Translator). Muitos os consideram um atentado ao bom aprendizado da língua. Porém, a realidade não é bem essa…

De fato, os aplicativos deste tipo ainda não são precisos nas traduções mais longas e com frequência se tornam uma muleta. Mas para as consultas rápidas de palavras avulsas, eles são, sim, nossa salvação. Afinal ninguém anda por aí com um dicionário de papel no bolso… já um celular… 😉

5. Divirta-se ao aprender idiomas

Se é pra ser difícil, que seja divertido! Pra quem vem com esse papo de “no pain, no gain”, eu já meto logo um “no fun, no learning”. Seu amigo da academia pode até ter alguma razão em defender que é preciso esforço para alcançar nossos objetivos. Mas estamos falando aqui de um órgão sinistro muito complexo, chamado cérebro, que, ao contrário do nosso quadríceps, precisa gostar do que está fazendo…

Sendo assim, por que não inserir brincadeiras e desafios dentro das nossas horas de estudos? Muitos jogos que conhecemos em português são facilmente adaptáveis a qualquer língua. Mas se você quiser algo já pronto, indicamos alguns aplicativos grátis, como:

Charades! (Inglês, disponível para IOS e Android)

Draw Something (Inglês, disponível para IOS e Android)

ChiSono? (Italiano, disponível apenas para IOS)

Na Cabeça! (vários idiomas, disponível apenas para Android)

Perguntados (vários idiomas, disponível para IOS e Android)

Bom aprendizado e boa viagem!

Bora planejar essa viagem?

Usando os links abaixo você nos ajuda a manter nosso site, sem pagar nada a mais por isso (e em alguns casos até ganha desconto 😊).

🏨 Hospedagem: reserve na Booking.com clicando AQUI 🏥 Seguro Viagem: ganhe 5% de desconto na Seguros Promo com o nosso cupom de desconto MALASPRAQUE5 🚘 Carro: alugue na Rentcars.com clicando AQUI 🏡 Airbnb: ganhe R$ 100 de desconto na sua 1ª hospedagem

Você também pode salvar os links acima como favoritos e usar sempre que for viajar!

Os Malas agradecem! 🤗

Outros posts que você deve gostar:
Levar dinheiro ou cartão? Hostels são mesmo seguros? E quando a bagagem é extraviada? OS MALAS RESPONDEM!
5 maneiras de economizar e viajar barato pelo mundo
Roteiro de 1, 2 ou 3 dias em BARCELONA
10 lugares baratos para viajar tão legais quanto os caros

————–

Que tal salvar este post no seu PINTEREST? Use a imagem abaixo! 😉

Como aprender um idioma sozinho: 5 passos infalíveis

Compartilhe esta página e leve mais gente nessa viagem!