Quero receber as novidades por e-mail
Malas Pra Que Te Quero

La dolce Itália: meu guia de restaurantes

17 de outubro de 2016

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

Se há uma coisa a se levar muito a sério quando estamos na Itália é a gastronomia. A culinária é uma atração turística em qualquer país, mas na grande bota ela ganha uma dimensão incalculável. Para ter uma noção, tente lembrar tudo que está na nossa dieta diária que tem a Itália como expoente. Eu te ajudo: massa, pizza, sorvete, pão, café, vinho…

E tudo que acompanha: nós raramente comemos macarrão sem molho, certo? Onde estão os melhores molhos de tomate do mundo? E os pestos? Quando começamos a nos aprofundar nos componentes dos pratos, descobrimos que a Itália é a influência de um bocado de coisas que comemos no Brasil.

NÃO SABE ITALIANO?

Na hora de viajar, todos têm esta dúvida: é necessário falar o idioma do local para onde se está viajando?
Nós respondemos!

A maioria dos pratos italianos possuem uma característica fundamental: são feitos com ingredientes muito frescos. Não me lembro de ter comido nenhum molho de tomate industrializado na Itália – mas se aconteceu, quero mais é descobrir logo a marca. Tudo parece ser feito de maneira artesanal, o que concede sabores incríveis aos pratos.

Portanto, comer na Itália é uma coisa que deve ser levada a sério. Não aceite qualquer restaurante, não vá entrando em qualquer lugar. Procure referências antes. Muito provavelmente esta será a diferença entre uma experiência gastronômica comum ou extraordinária.

A nossa busca por bons estabelecimentos foi amplamente auxiliada pelo TripAdvisor. Aqui vou indicar apenas aqueles de que gostamos (graças a Deus, quase todos), sejam eles restaurantes, lanchonetes ou sorveterias. Para localizá-los melhor, consulte os mapas que estão disponíveis nos posts sobre as cidades/regiões que visitamos.

Roma

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

RJ Numbs (Campo de Fiori) – nosso primeiro jantar na Itália foi um belo cartão de visitas. Como estávamos estreando, fizemos o pedido completo: entrada, primeiro prato, segundo prato e sobremesa. Tudo estava muito bom. Recomendo as bruschettas, o penne aos quatro queijos e o filé ao molho de mostarda.
I Love Pizza (Vaticano) – um ótimo lugar para um lanche rápido. Os pedaços de pizza são vendidos no peso, permitindo que se pague pelo tamanho da fatia que preferir. A variedade é grande, tanto de pizzas quanto de focaccias. Todas que experimentamos estavam ótimas.
Vinando (Capitólio) – o local é agradabilíssimo, com um visual tipicamente italiano: mesas com toalhas xadrez na rua, em frente a uma praça, flores na janela… Recomendo a massa com frutos do mar e molho de tomate.
Vyta (estação Roma Termini) – outra boa opção para um lanche, especialmente por estar estrategicamente localizada. Adoramos a pizza marguerita e o panini de presunto cru, rúcula e mozzarella de búfala.
That’s Amore (Fontana de Trevi) – excelente restaurante, onde destaco, além da comida, o excelente atendimento. O fettuccine com molho à bolonhesa foi uma ótima pedida.
Grazia & Graziella (Trastevere) – outro local excelente e super romântico. O filé fatiado com batatas estava fantástico.

Florença

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

La Fettunta – esta foi nossa melhor refeição durante toda a temporada na Itália. Recomendo o canelone recheado de ricota com molho de tomate. Nunca comemos no Brasil uma ricota tão saborosa quanto esta. Isso sem falar na especialidade da casa, a bisteca fatiada, que não experimentamos mas é muito bem recomendada.
Pandemônio – o local é super romântico e muito bem decorado. Da comida então… nem se fala. A massa recheada com ricota estava extraordinária.
Lanchonete da Galeria dos Ofícios – apesar de não ser um restaurante propriamente dito, suas focaccias são muito gostosas. Se estiver na correria, recomendo.

Siena

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

Йоана Петрова

Antica Osteria da Divo – aqui comemos uma massa com ragu do famoso cinghiali, um javali muito comum na região da Toscana. Gostamos, mas não é muito diferente de outras carnes vermelhas. De qualquer forma, o local é super romântico e a comida, bem gostosa.

Cinque Terre

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

Il Pirata delle Cinque Terre (Vernazza) – seja para lanche ou refeição, este foi um dos melhores estabelecimentos que visitamos e onde experimentamos a iguaria mais surpreendente de nossa viagem: um croissant recheado com creme de queijo e amendoim. O creme tinha uma consistência incrível, próximo de chantilly, e era muito gostoso. Recomendo, ainda, a entrada com frutos do mar, a massa com lagostim, a panacota de frutas vermelhas, o cappuccino e as bruschettas de presunto cru, tomate, queijo e molho pesto.

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

Belforte (Vernazza) – ambiente romântico e aconchegante com excelentes opções de peixes e frutos do mar. Experimentamos e aprovamos a massa com lagostim e o peixe do dia.
Osteria a Cantina de Mananan (Corniglia) – outro ótimo restaurante de pescado. Pedimos o penne com o peixe do dia que estava muito fresco e gostoso.
Alberto Gelateria (Corniglia) – Na disputa pelo título de melhor sorveteria de Cinque Terre, essa foi a segunda colocada, na minha opinião. O sorvete é realmente excelente! Recomendo o sabor limão.

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

ario_

Slurp! Gelato artigianale (Monterosso) – aqui comemos o melhor sorvete de nossa viagem. Os gelatos italianos são famosos por sua cremosidade e sabor. Recomendo especialmente os sabores avelã e chocolate.
Gastronomia San Martino (Monterosso) – no esquema pega e leva, razoavelmente comum em cidades turísticas na Itália. Pedi uma massa com lagostim e molho de tomate (sim, eu gosto muito de lagostim). Recomendo!

Veneza

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

Ristorante Trattoria Cherubino – mais um restaurante de massa espetacular! Recomendo o talharim com caranguejo.
Antico Forno – muito bem localizado no centro histórico de Veneza, é um ótimo lugar para um lanche rápido. A pizzas são gostosas, com sabores bem variados e preço camarada (em relação aos demais estabelecimentos de Veneza).
Pizza Al Volo – Pizza verdadeiramente italiana. E além de boa, tem preço acessível.
Bigoi – também no esquema pega e leva, mais uma opção econômica em Veneza, com o detalhe da massa ser produzida no local. Pedi uma com ragu de pato que estava deliciosa.

Continue essa viagem conosco clicando no próximo destino:

 

Rafael Cruz e Silva

RAFAEL CRUZ E SILVA (Convidado especial da série Diário de Bordo)
Mineiro de Sete Lagoas, esse Relações Públicas mora no Rio há 8 anos. Adora viajar e fala sobre isso aqui e no Muito Além da Fronteira. No blog Design Empreendedor, escreve sobre comunicação nas organizações.

 

Bora planejar essa viagem?

Usando os links abaixo você nos ajuda a manter nosso site, sem pagar nada a mais por isso (e em alguns casos até ganha desconto 😊).

🏨 Hospedagem: reserve na Booking.com clicando AQUI 🏥 Seguro Viagem: ganhe 5% de desconto na Seguros Promo com o nosso cupom de desconto MALASPRAQUE5 🚘 Carro: alugue na Rentcars.com clicando AQUI 🏡 Airbnb: ganhe R$ 100 de desconto na sua 1ª hospedagem

Você também pode salvar os links acima como favoritos e usar sempre que for viajar!

Os Malas agradecem! 🤗


————–

Outros posts que você deve gostar:
Roteiro de 1 dia em ROMA
Estivemos no Salão de Móveis de Milão e adoramos!
5 maneiras de economizar e viajar barato pelo mundo

————–

Que tal salvar este post no seu PINTEREST? Use a imagem abaixo! 😉

Comida típica italiana: restaurantes que visitei na Itália

Compartilhe esta página e leve mais gente nessa viagem!